Barriga sarada com prática de ioga

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 23/12/2005

É inevitável não notar aquele indesejado pneuzinho toda vez que a gente fica na frente do espelho. A vontade é acabar com o dito cujo de qualquer forma e o mais rápido possível. E quando se busca um abdômen definido, as mulheres recorrem logo ao abdominal, à ginástica localizada, aos cremes milagrosos e até mesmo aos tratamentos em clínica de estética. Tanto esforço nem sempre vale a pena. Mas para quem quer garantia de uma barriga sarada, uma alternativa é trocar as infinitas horas suando a camisa pela prática da ioga.

Poucos acreditam, mas a professora de Educação Física e instrutora da prática Samara Queiroz confirma: “fazer ioga fortalece - e muito - a região abdominal”.Conhecida por proporcionar um equilíbrio físico e mental, essa técnica oriental é mais do que uma simples meditação. “Ela ajuda a melhorar a respiração, trabalhando diversas posturas e exigindo um esforço concentrado em um músculo especial: o abdômen”, explica.

Segundo a professora, trabalhar a região da barriga é fundamental para auxiliar na nossa sustentação. Por isso, em uma determinada postura, se o músculo abdominal não estiver enrijecido, a coluna pode dobrar mais do que o corpo permite, o que prejudica a coluna e toda a estrutura óssea.

Dominar o corpo através da mente é o segredo da ioga. Para manter o equilíbrio e conseguir permanecer por um bom tempo na mesma posição, exige-se uma contração incessante da barriga. É aí que começa o trabalho de enrijecimento muscular rumo à barriga sarada.

Embora as técnicas sejam bem diferentes, os resultados da ioga e das aulas de abdominais são bem parecidos. De acordo com Samara, a única divergência é quando se pratica musculação, porque esses exercícios envolvem cargas, exigem mais do corpo e trazem um retorno diferenciado da ioga, que trabalha muito a resistência.

Mais do que buscar um alívio para o stress por meio da meditação, o motivo da procura pelas aulas de ioga vem sendo cada vez mais o fortalecimento dos músculos. Se a meta é não medir esforços para ter uma barriga sarada e de fazer inveja para qualquer mulher, Samara aconselha “pegar firme” na ioga e praticar, no mínimo, três vezes por semana.

“No primeiro mês em que se pratica o exercício já é possível sentir uma melhora na qualidade de vida”, afirma. Mas quando o intuito é conseguir uma barriga enxuta e firme, a especialista assegura que os resultados já podem ser notados três meses depois de começar a praticar a técnica.









PUBLICIDADE